Mortality risk is dose-dependent on the number of packed red blood cell transfused after coronary artery bypass graft

Os autores pesquisaram o efeito da transfusão de 1, 2, 3, 4, 5 e ≥6 bolsas de sangue alogênico (doado) quanto ao risco de morte em uma população de quase 2.000 pacientes. Transfusões crescentes de unidades de concentrado de hemácias resulta em risco crescente de mortalidade, evidenciando uma relação dose-reposta. A conclusão foi que quanto mais sangue alogênico transfundido maior o risco de morte para os pacientes. Finalizam o artigo sugerindo que a prática transfusional atual precisa ser reavaliada.

Antonio Alceu Santos, Sousa AG, Piotto RF, Pedroso JCM. Rev Bras Cir Cardiovasc 2013;28(4):509-17.