SARS-CoV-2 encontrado no sangue é transmissível por transfusão?

15 de abril de 2020

https://transfusionnews.com/2020/04/15/sars-cov-2-found-in-blood-is-it-transfusion-transmissible/

Pesquisadores da China e Coréia do Sul identificaram o SARS-CoV-2 em doações de sangue de rotina. Na China, 2.430 doações de sangue (1.656 plaquetas e 774 sangue total) coletadas entre 25 de janeiro de 2020 e 4 de março de 2020 foram rastreadas por PCR de transcrição reversa em tempo real para SARS-CoV-2; além disso, quase 5.000 amostras coletadas entre 21 de dezembro de 2019 e 22 de janeiro de 2020 foram testadas retrospectivamente. Quatro amostras foram positivas para SARS-CoV-2. Todos os quatro doadores de sangue eram assintomáticos no momento da coleta, mas dois desenvolveram febre no dia seguinte à doação. Na Coréia do Sul, sete doadores que mais tarde deram positivo para SARS-CoV-2 (6 a 15 dias após a doação) foram identificados pelos Centros Sul-Coreanos de Controle e Prevenção de Doenças, e os Serviços de Sangue da Cruz Vermelha da Coréia do Sul foram posteriormente notificados. Todas as sete amostras (6 sangue total e 1 fonte de plasma) foram negativas para o RNA SARS-CoV-2. No entanto, 6 unidades de plaquetas e 3 unidades de hemácias já haviam sido transfundidas em 9 pacientes. Oito dos receptores de transfusão não desenvolveram sintomas relacionados ao COVID-19, e o nono morreu de causas não relacionadas ao COVID-19. Nenhuma transmissão transfusional de SARS-CoV-2 foi observada na China ou na Coréia do Sul, mas a equipe médica e os estabelecimentos de coleta de sangue devem permanecer vigilantes e em contato próximo com doadores e autoridades de saúde para fazer a referência cruzada de doações positivas para SARS-CoV-2 e destinatários. Mais pesquisas são necessárias para confirmar a presença ou ausência de vírus em produtos sangüíneos e se esses vírus são infecciosos.

Referências:

1. Chang L, Zhao L, Gong H, Wang Lunan, Wang L. Severe acute respiratory syndrome coronavirus 2 RNA detected in blood donations. Emerg Infect Dis 2020 Jul; 26(7)

2. Kwon SY, Kim EJ, Jung YS, Jang JS, Cho NS. Post-donation COVID-19 identification of blood donors. Vox Sang 2020

Protocolo

Tratamento de Anemia e Diretrizes para Terapia com Eritropoietina

Protocolo baseado em evidências científicas para o tratamento não transfusional de anemia mediante o uso apropriado de ferro e eritropoietina.

Protocolo

Manejo de Sangramento

Sem transfusão de sangue alogenico

Protocolo baseado em evidências científicas contendo um GUIA FARMACÊUTICO completo com os principais hemostáticos sistêmicos e tópicos para o manejo de sangramento.

Bem vindo ao Bloodless

FUNDAMENTO:

As transfusões de sangue são, na atualidade, um dos procedimentos médicos mais realizados no mundo. No entanto, a literatura médica evidencia uma relação entre o uso de sangue alogênico (doado) e maiores complicações, incluindo, maior mortalidade. Mundialmente, observa-se uma deficiência no conhecimento médico sobre a prática transfusional.


OBJETIVO:

1. Mudar a prática transfusional atual, mediante a aplicação de PROTOCOLOS cientificamente seguros e eficazes para o TRATAMENTO DE ANEMIA e MANEJO DE SANGRAMENTO sem o uso de sangue alogênico, baseado nas evidências científicas de uma medicina moderna.

2. Ajudar os Bancos de Sangue a ECONOMIZAR seus principais HEMOCOMPONENTES (glóbulos vermelhos, plasma e plaquetas).